The Walking Dead #01 – Podcast

Pois é.

Não aguentamos e gravamos o nosso podcast sobre a série americana da AMC The Walking Dead dirigida por Frank Darabount.Angélica Hellish e Marcos Noriega junto com os amigos Carlos Tourinho e Hugo Soares do Filmes com Legenda e o Sr. Seu Panda do Diecast Connection e Pauta Livre News, conversaram sobre o pré air dessa série fantástica (que será lançada hoje à noite nos EUA) fizeram comparações com o HQ de Robert Kirman e comentaram suas impressões e espectativas sobre o que está por vir.
Não esqueça de comentar!
Arte do banner do amigo Barão.

ATENÇÃO!CONTÉM SPOILERS! Assista e episódio e leia o quadrinho antes de escutar o podcast!



Twitter: @Masmorra_Cast

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

Masmorra no Twitter e no Facebook 

Anúncios

20 pensamentos sobre “The Walking Dead #01 – Podcast

  1. Muito bem vamos lá, assim como Tourinho disse, foi a melhor pré-estréia depois de Boardwalk Empire, em muito tempo não ficava tenso em filme de zumbi, o último acho que foi 28 days later, gostei bastante da tensão que o filme passa, e foge o máximo da galhofagem gratuita.Quanto a primeira cena, o pensamento que me veio a mente foi: POLÊMICA. Pois não me recordo de nenhum filme na grande midia mostrar a cena completa de morte de criança zumbi, concordo com a Angelica sim, a diretora(se não me engano) quis mostrar o lado da condição humana, comportamento se de fato existisse uma epidemia e qual seria a reação de cada ser, a cena não foi colocada ali gratuitamente.Gostei bastante dos personagens, bem fiéis a HQ, fotografia fantástica, maquiagem perfeita, ambientação foda, edição mto boa, e um detalhe, tem uns momentos cruciais que souberam utilizar da não trilha sonora, deixar o silêncio e criar uma tensão foda, esse foi o quesito que mais me agradou, tu fica praticamente implorando por uma trilha sonora, um piar de passaros, e nada.SPOILER ALERT: não sei onde vi, se foi na tv, ou pela internet a fora, (não sei se o cara q fala com ele pelo walkie-talkie), mas vi uma cena com um japinha subindo numa escada de incêndio num prédio.E uma coisa que estou na dúvida é que se de fato(creio que não), eles vão deixar o filho dele(como na HQ) portar uma arma e atirar nos zumbis.Bom, acho que é isso.. minha cena preferida foi aquele take fora do hospital, num espaço cheio de corpos com lençois, moscas e vermes a vera. O que me irritou um pouco foi a barba fake(ou não) do protagonista, tirando isso foi tudo mto bem executado. Muito bom o cast, curtinho, enxuto e com comentários com conteudo de todos, bora conferir e ver onde essa série vai dar. Abraços

    Curtir

  2. Muito bom o PodCast. Perfeito. E o seriado entao ? Nossa… Esse vai ser um dos melhores com certeza. Fiquei muito impressionado com tudo nessa serie. A principio me pareceu meio bestinha quando vi alguns videos na internet, e por isso nao estava esperando tanto. Depois disso, ouvi o Tourinho e o Hugo comentando em alguns outros podcasts sobre esta série, e por isso fiquei interessado. Para mim, existem algumas pessoas que atestam os filmes e séries que assisto. Basta a Angélica e o Marcos, ou pessoal do FCL falar bem de algum filme ou série que eu baixo imediatamente, e até hoje nao me arrependi nenhuma vez ;)Assisti o primeiro episodio deste seriado e gostei muito da fotografia e do visual de modo geral. Eu e a minha mulher assistimos e ela ficou puta da vida quando viu o melhor amigo do cara "pegando" a mulher dele Hehehehehe…Quando eu vi que os dois estavam vivos, ja imaginei que isso ia acontecer. So nao entendi se esse romance deles comecou antes ou depois dos zumbis. []s e Parabéns por mais um excelente cast.

    Curtir

  3. Episódio bacana, na verdade nem espera ouví-lo hoje! Gostei muito edição muito boa angélica! O som do coração batendo ficou bom!Episódio piloto muito bom, não achei a cena inicial desnecessária não, pra mim aquilo ali mostra do que os personagens são capazes.A cena da mulher querendo entrar na casa é mesmo tensa! E de fato parece que eles tem um certo raciocínio, pois vcs podem notar que ela desiste de mexer na maçaneta quando outro zumbi aparece na varanda, seria para talvez proteger o filho e o marido, afinal ela morreu ali naquela casa.Também senti falta de algo na escada escura… bem que poderia ter algum zumbi ali…Mas pensem o seguinte: Na primeira cena aquele silâncio te deixa maluco o expectador sabe que os zumbis podem aparecer a qqer momento, e como o Tiago disse acima, vc praticamente implora por uma trilha sonora! Até que a menina zumbi aparece. Ta ae vc viu o primeiro zumbi.Depois das cenas onde ele leva o tiro e a sequência do hospital, vc novamente fica esperando as imagens com o zumbis, e toda a tensão vai aumentando, quando ele cruza o pátio do hospital cheio de corpos, com a câmera mostrando apenas os pés dele passando entre as fileiras de cadáveres, vc já surtou, pois fica esperando pelo menos um se mexer, mas não acontece.Acho que esses elementos de não mostrar os zumbis lembram aqueles filmes de terror que jogam com a nossa imaginação, pois ficamos esperando o momento, e conforme ele é adiado a tensão só aumenta, isso contribui para o clima da série!Acabei de ler a primeira HQ, e notei que as moscas estão lá também! E dá pra ver que a adaptação é bastante fiel, apenas acrescentando detalhes que soariam como falhas ou buracos quando passados para live-action.A propósito, apenas para acrescentar, vcs viram o stand montado na Comic-Con para divulgar a série? É exatamente aquela casa da fazenda on o Rick consegue o cavalo, vejam as fotos abaixo:http://www.spinoff.com.br/wp-content/uploads/Booth-Banner-760.jpghttp://www.spinoff.com.br/wp-content/uploads/Zombify-Screens-760.jpghttp://www.spinoff.com.br/wp-content/uploads/Man-Woman-Doorway-Far-760.jpghttp://www.spinoff.com.br/wp-content/uploads/Woman-Television-760.jpghttp://www.spinoff.com.br/wp-content/uploads/Man-Window-760.jpghttp://raccoon.com.br/wp-content/gallery/comic-con-2010-the-walking-dead/walking-dead-comic-con-01.jpgAinda para acrescentar, a National Geografic Channel exibirá uma série chamada: A verdade sobre zumbis.Sinopse: Iremos ao Haiti para entrar no mundo misterioso, fascinante e assustador em busca da extraordinária evidência que prove que, longe de ser uma ficção de Hollywood, os mortos-vivos realmente existem.E quando esta evidência for encontrada, ela será rigorosamente investigada.EstreiaSexta, dia 5 às 21h

    Curtir

  4. Muito boa série, pra mim a melhor depois de LOST, tem tudo pra se tornar um sucesso. Apesar de acompanhar também as HQs seria interessante que os próximos podcasts não tentassem fazer comparações entre a hq e a série pois acredito que cada uma tem suas peculiaridades e como as hqs já estão bem atiantadas, passando do número 75 então fica um pouco desmotivador para alguns acompanhar a série sabendo mais ou menos o que vai acontecer! Obs. Gostei muito do podcast, espero que venha brevemente outros!!!

    Curtir

  5. O Hugo q é fã de zumbi talvez não tenha captado a parada de Walking Dead. Walking Dead não é sobre zumbis, é sobre pessoas… eu geralmente odeio tudo q se refere a zumbis e amo Walking Dead por isso, por causa do drama e dos personagens.O zumbi ali é um pretexto pras relações interpessoais, vc pode trocar os zumbis por ecatombe nuclear, ou qq coisa assim que não diminui o poder da série.

    Curtir

  6. Já se disse o suficiente sobre a série. Fotografia bem feita, produção competente e roteiro arrasador. Bastante fiel a HQ. Por isso mesmo já esperava não ver na tela a principal inovação na temática zumbi: OS ZUMBIS NEORÓTICOS. Aqueles de Madrugada dos Mortos, Extermínio e, sendo compreensívos, Resident Evil. Não há terror maior do que mortos-vivos que agem como drogados ou esquizofrênicos: velozes, ágeis, fortes e violentos.Aqui tem as HQ's até o n. 41http://uninuni.com/the-walking-dead-hq-de-zumbis/

    Curtir

  7. Se depender do piloto podem ficar despreocupados quanto ao futura da serie. Retirei essa info da net, me desculpem por nao saber a fonte:"The Walking Dead estreou na noite de ontem, no canal pago estadunidense AMC. E comprovou na prática toda a expectativa que havia sido criada. O episódio inicial, que tem 90 minutos e foi exibido na noite do Dia das Bruxas, foi visto por 5,3 milhões de pessoas. Foi o recorde deste ano para as séries estreantes na TV a cabo estadunidense e um recorde pessoal também para o canal AMC. The Walking Dead começa a ser exibido no Brasil no canal Fox dia 2 de novembro, às 22h. A primeira temporada terá apenas seis episódios, mas a segunda já está garantida."

    Curtir

  8. Oi Angélica e à todos os participantes do podcast!Como vão?Adorei o programa, foi muito legal conhecer a opinião de vocês, e concordo com a Angélica na questão da cena na qual a garotinha leva um tiro, achei bem dramática e não ficou nada piegas. Claro, dá um ar de que o roteiro possa estar apelando para o drama em excesso a princípio, mas nada que incomode ou afete o restante o episódio. Acho que a única coisa que me incomodou foi ver a esposa do cara, vivida pela Sarah do Prison Break, eu gosto da atriz, mas ela tá com a mesma cara de desespero da Sarah de antes… sei lá se foi impressão minha…É isso, um forte abraço a todos e aguardo o número 2!Amanda, 27 anos, Japão

    Curtir

  9. olá Angélica, finalmente estou comentando por aqui…Olha… esse podcast ficou excelente… e com a participação desses malucos do Pauta Livre ficou ainda mais divertido…Vi esse episódio que vazou e, no momento em que escrevo esse comentário, estou terminando de baixar a versão final desse 1º episódio.Gostei muito do The Walking Dead, só com esse 1º episódio ele já subiu para o primeiro lugar na lista de séries que assisto atualmente.Eu achei muito legal a troca da cena em que o personagem entra na sala com os zumbis no hospital pela cena da garotinha zumbi. Pois assim deu um clima mais psicológico a esse primeiro momento da série. Ficou bem tenso.Abraços e até o próximo…

    Curtir

  10. Salve Angelica e galera!Como fã/fanboy da hq, que leu todos os números lançados até aqui, digo que esse primeiro episódio foi uma adaptação extremamente digna. A história realmente é sobre os personagens, os zumbis são pano de fundo, por isso as pequenas mudanças que o seriado fez nesse sentido foram muito bem vindas. Por exemplo a cena inicial, do Rick atirando na garotinha… muitos criticaram, mas gostei. Temos que lembrar que muita gente não conhece o material original, então a série já começou dando o recado: aqui tem drama e violência. Outro ponto, acho que foi o Hugo que reclamou sobre não saber o que aconteceu. Bem, vários filmes de zumbi são assim mesmo, e a hq também. NADA é explicado. PORQUE NÃO É IMPORTANTE. O que importa são os personagens, e suas jornadas. Sendo bem sinceros, que diferença faria pra história saber que foi um vírus, meteoro, maldição infernal? (exemplos de explicações whatever que os filmes de zumbi geralmente usam).Algo que vou na contramão de vcs, falando sobre a hq, foi a mudança do desenhista. Acho que vcs leram poucas edições, Tony Moore desenhou 7 números, e Charlie Adlard uns 70. Pra quem leu tudo, acompanha a bastante tempo, nem lembra mais do Moore: a identidade visual de The Walking Dead é o traço do Adlard. E por gosto pessoal, prefiro ele mesmo, mais realista apesar de simples, combina mais com o roteiro e manda bem pra caralho nas expressões faciais.O único ponto que realmente me incomodou foi o Shane, parceiro do Rick. Na hq ele tem um papel MUUUUUITO menos relevante, o romance dele com a Lori é mais discreto e só revelado mais tarde. Aliás, nem tem romance, é só um transa de uma noite. Aí na série já escancaram, com beijo e tudo mais… e o nome do ator aparece em destaque na abertura, o que me faz pensar que ele vai longe na série.SPOILERS**************Na hq ele morre logo no início, então queira ou não se ele durar vai ser uma alteração muito grande. E isso pra que, pra gerar um triângulo amoroso, coisa clichê? Com ultra fanboy da hq, não deixar de lamentar isso.Enfim, ótimo cast, se possível continuem nos próximos episódios… e me convidem pra participar #SemNoçaoModeOn heheheAbraço!

    Curtir

  11. Salve, masmorraida.A série me agradou, ainda bem que o "monstro da expectativa" não teve motivos para reclamar desta vez. Mesmo porque não li a revista ainda (mais uma pra lista dos "não fiz ainda"… frase pronta na minha vida).Imperdoável foi o que a Fox fez na exibição de ontem. Os cortes transformaram o piloto em algo muito menor do que o original transmitido nos EUA e "vazado" na net. E quando digo menor, não me refiro ao tempo do episódio.Perdeu-se em tensão, em informação… putz, é pra xingar muito no twitter. :SPelo jeito, Hugo e Tourinho fincaram o pé na masmorra em definitivo… e isso é ótimo. Curto muito ouví-los. E ainda trouxeram o Panda de brinde. :-DAngélica, esse podcast será fixo?Abração.

    Curtir

  12. Eu já lia o quadrinho e estava ansiosamente esperando pela série. Aqui no Vale do Itajaí temos um grupo de amigos que lê e estávamos realmente esperando a estreia. Foi muito legal. Estou com a Angélica, acho que muitas das coisas na série foram legais para trazer a questão dramática que os quadrinhos realmente tem.Já vi o trailer do próximo episódio.. e acho que vai ser legal. Mas realmente vai ser diferente do quadrinho, o que também é bom.

    Curtir

  13. Só esqueci de uma coisa: concordo que a cena inicial foi desnecessária… Mas gostei muito dela em termos de fotografia e suspense.Acho que a esposa do Colega Negro estava não muito acabada pois ela morreu recentemente (depois que ele se mudou para a casa dos vizinhos do Rick)E prometo que não refaço este comentário!

    Curtir

  14. Excelente episódio. Realmente muito bom.Conheci as HQ's graças ao podcast Matando Robôs Gigantes, li e não parei mais, realmente muito viciante, com uma trama bem amarrada e muito bem trabalhada. Interessante o foco dela, pois trabalha mais o drama entre os personagens e não tanto a matança e a sobrevivência contra os zumbis em si.Fiquei empolgado com o tal seriado, e achei simplesmente formidável. O primeiro episódio ficou bem fiel à HQ, e ainda colocaram cenas que não existem nela as quais contribuíram positivamente para a história, aumentando ainda mais o drama, dando até mais realismo. Espero que os próximos episódios sejam tão bem feito quanto o primeiro.Eu também achei aquela cena do Rick com aquele zumbi que só tem a parte superior do corpo bastante tristei, tocante, cheguei a ter pena da vítima putrefata. E aquela parte do Morgan tentando matar a esposa zumbi e não consegue também é amargurante.Só achei uma sacanagem a FOX ter retalhado o episódio, cortando uns 12 minutos. Como o seriado trabalha mais os personagens e seus dramas, os cortes acabaram mudando de uma forma significativa o decorrer da história. Se for assim é preferível baixar mesmo, o que já até fiz também. #FOXfailParabéns pelo episódio, pessoal. =D

    Curtir

  15. Muito bom o podcast mesmo, essa séria promete muito se for tão boa quanto o quadrinho, vamos te muitas temporadas, so esperamos é que não acabem com ela antes de chegar pelo menos na metade das edições dos quadrinhos.E vamos ler de novo essas edições.

    Curtir

  16. Após assistir os 2 primeiros episódios, é possível avaliar ainda melhor a série. Até agora, me agradou muito, estão fazendo uma grande ADAPTAÇÃO, e não meramente uma versão live-action da HQ. Isso é bom pra quem já leu a HQ.Achei ótima a primeira cena do episódio piloto. Pensem só: uma série que começa com o protagonista enfiando uma bala na cabeça de uma garotinha? Acho que foi um ótimo jeito de dizer "O mundo está na merda".O dilema do cara de matar ou não a esposa foi sensacional. Walking Dead tem esse diferencial: um drama pesado com os zumbis como pano de fundo. Foi exatamente o que a Angélica disse: não é uma série com foco nos zumbis, mas sim no comportamento humano, no instinto de sobrevivência e na destruição das pessoas ao conviverem em grupo tentando suportar uma catástrofe. Se o negão simplesmente matasse a esposa com naturalidade, a série seria meramente "mais uma obra sobre zumbis". Walking Dead transformou uma idéia clichê em algo maduro, original e profundo.O podcast ficou bem legal, só não sei se vou conseguir acompanhá-lo. Não estou dando conta nem da minha lista atual… 😛

    Curtir

  17. Tanto o piloto da série quanto o do cast ficaram muito bons!!! Parabéns mesmo!!! Não me importo com as diferenças, contanto que o roteiro seja muito bom, não acho problema algum essas alterações. ^^v

    Curtir

  18. Pingback: THE WALKING DEAD « TODOS OS CASTS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s