Podcast Guerra dos Tronos # 06

Cheirinho de lagartixa queimada no 6º episódio de Game of Thrones!

E Angélica Hellish de Brunette, Guardiã das Masmorras de Winterfell chamou o Anão Putanheiro da Espada Grande, E mente afiada!, PH, o Bastardo do Rapadura Cast e escriba do Iradex, Pablo, o Nerd!, Mano da Muralha, escriba do H Cast, Lord Carl Touror de Pautalivrestown e Ko Erin do Game of Thrones BR

Hey! Clique nos banners abaixo! Assim você nos ajuda. Valeu!

Theon Greyjoy participou do clipe da música Aerials, do System Of A Down?

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

Masmorra no Twitter e no Facebook 

Anúncios

59 pensamentos sobre “Podcast Guerra dos Tronos # 06

  1. Saudações, Damas, Lords, Sores, Meistres, Anões e Bastardos!

    Também achei que esse episódio 6 foi meio água de papoula mixada misturada com borra de café passado há uma semana.

    É claro que foi bom, mas em comparação com os outros, não recebe uma nota alta. Apesar de todas as cenas inseridas no episódio e que não estão no livro, a única que realmente não gostei foi a da Porta da Lua. Não tem lógica nenhuma arquitetonicamente falando.

    Quando vemos a abertura do episódio, o Ninho da Águia se mostra montado maciçamente sobre uma elevação de rocha vertical, e bem lá no topo, no meio, está a sala do trono.

    Como então pode haver uma Porta da Lua no chão, se a sala do trono está construída sobre rocha maciça?

    Ou será que algum detalhe me escapou de tudo isso?

    Tirando essa cena, que realmente me incomodou, dou 7 Syrios Forel e 1 Lysa Arryn para o episódio.

    Já o podcast merece 10 Fantasmas!

    Parabéns e seguimos ouvindo, porque o inverno está chegando. 🙂

    Curtir

  2. well…
    Como to sem assunto vou me limitar a proferir que ouvir vocês e gostei, assim como o episodio, que teve um final FODA na minha opinião; na espero do programa sobre o 07 =D.

    Curtir

    • Pois é 1berto…
      Vamos fazer assim: No último podcast de Guerra dos Tronos colocaremos uma relação dos artistas para que as pessoas conheçam e acessem seus trabalhos.
      Nessa fase de gravar+editar+publicar somando ainda nossa vida pessoal já abarrotada de coisas pra resolver, fica complicado colocar a lista de músicas.
      Mas no último deixaremos todos esses dados
      Abraços e obrigada pela audiência!
      Angélica

      Curtir

  3. Eu sempre travo na hora de vir comentar aqui, é tanta coisa na cabeça e eu tentando não escrever um livro, então serei sucinto.
    Primeiro, o link citado durante o programa fez falta na postagem, procurando achei esse . Stupid Ned Stark.
    Concordo com Angélica que tem muitas cenas de sexo entre mulheres que não são pela trama, mas apenas fan service pra galera punheteira, não que eu desgoste da mulherada pelada, mas sou a favor de que elas não sejam de forma gratuita e não seja apenas para uma parte do publico, lésbicas jovens e homens adolescentes.
    Quanto a Cersei ainda que ela tenha merecido o tapa, achei que a forma Robert a tratou é como bater com a mão nua no rosto de uma serpente, coisa que não se faz.
    meu comentário que deveria ser sucinto já está se estendendo muito, então encerro dizendo que não consigo ter empatia com o Bran, fora o fato dele ser criança, a personagem dele não faz nada que me faça simpatizar, pelo contrário ele está sempre se expondo de forma que se não houver outro para o salvar ele não consegue se defender, aliás os atacantes deles são selvagens fugitivos dos White Walkers, eles inclusive citam o Mance na cena de ataque ao Bran.
    Quanto ao príncipe pedinte, fiquei com pena dele, apesar de tudo que ele fez, ele não é diferente da maioria dos outros personagens aristocratas da estória, e ainda estava motivado pelo sentimento medo, vergonha, em resumo um desesperado, que cometeu atos desesperados, mas a cena dele foi menos realista do que eu esperava, uma situação como aquela espalharia tanto sangue e um cheiro tão forte que a maioria daquelas deveriam ao menos cobrir o nariz, o que não aconteceu.

    Eita que meu comentário sucinto virou quase um capítulo, desculpem, até semana que vem.
    P.S parabens pela escolha dos participantes, todos muito bons.

    Curtir

  4. Honestamente, tenho achado a série um saco… No meu trabalho eu já tenho que ficar antenado no que vem acontecendo na politica (~do mundo real)…
    Não tenho nenhuma paciencia mais para o “lero lero” das intrigas politicas da série =/
    Abandonei o livro por isso, e to me arrastando na série =/

    Curtir

  5. Uma rápida sugestão, pq vcs não fazem um post final no http://masmorraerotica.blogspot.com/ dizendo que se mudaram pra cá e tals… Assim todo mundo que passar lá vai saber que o site está aqui… Eu mesmo demorei um pouco pra ver no final de um post o aviso
    “Aviso: Migramos para o cinemasmorra.com.br, um novo site, com muitas novidades =) Encontre-nos lá!”

    Curtir

  6. Ouvi e como não poderia ser diferente, está excelente! Todos fizeram comentários relevantes. O melhor do podcast é a comparação com o livro, para quem não leu acrescenta e esclarece bastante. Continuem assim!

    Curtir

  7. Na onda de PH: quem dera o inverno chegasse no RN também =)

    Nesse episódio sim o chão da cela pareceu mais inclinado.

    Tadinho de Ned. Pegou uma senhora batata assando que até alguém que sabe lhe dar com essas intrigas ficaria em apuros.

    O 1º livro ficaria melhor explicado p/ as pessoas que não o leram se dividido em 2 temporadas. Deixaria tudo melhor explicado, personagens e situações bem delineados…

    Curtir

  8. Ai, alguem me explica uma coisa? Qual foi a da criança filho da irmã da caitlyn ? (sei la como se escreve)

    Nunca li o livro, e queria saber qual foi a da empolgação dele e da amamentação …. uahuahua.

    Curtir

  9. Realmente foi um episódio de transição.. O 7 foi extremamente foda mesmo sabendo o que acontecia!

    A propósito, o ator que ta de Tywin Lannister tá perfeito!

    Curtir

  10. Oi
    Ouvi o podcast pela primeira vez hj.
    Muito legal.

    Também senti um super vazio na cena dos selvagens atacando Bran.. os lobos estão aparecendo mto pouco e eles são mto importantes.

    Infelizmente o livro está muito resumido na série.. espero q isso mude a partir da segunda temporada. q façam ela maior

    abraço

    Curtir

  11. Ouvi no cast que alguém não entendeu o julgamento por combate. Sugiro pesquisar no google, porque o julgamento por combate era algo comum na idade média, e há registros desse tipo de julgamento até o século 18.

    Curtir

    • Caro Goblinoid…
      Quem esqueceu? Seja específico.
      Quem aqui afirmou que não existia julgamentos por combate na idade média?
      Conclusões apressadas?
      Pense antes de comentar e nunca relativize o que fazemos aqui.
      Obrigada

      Curtir

      • Calma, não quis atingir ninguém. Ouço os casts de vocês toda semana desde que começaram a fazer esses reviews dos episódios.
        Não lembro agora qual dos participantes afirmou isso, até porque ainda não consegui gravar os nomes de todos, mas lembro que em certo ponto da conversa alguém fala que não entendeu o julgamento do Tyrion, e quando ouvi isso fiz esse comentário porque minha interpretação é que essa pessoa não compreendeu o ‘julgamento por combate’. Mas, claro, pode ter sido erro meu ao interpretar o que foi dito. Em momento não disse que alguém afirmou algo, nem estou relativizando nada.
        Peço desculpas se pareci ofensivo, porque não foi a intenção.

        Curtir

  12. Oi pessoal! Eu gostei muito! Foi o primeiro que assisti, agora vou voltar nos anteriores pra aproveitar! Uma coisa que eu acho é que é fundamental mesmo fazer o link entre os livros e a série, é uma das análises mais importantes.
    Achei muito ruim o lance deles esvaziarem as cenas com os lobos, afinal é a marca dos Stark. Eu até acho interessante começarem com o foco político sem aprofundar em fantasia por ora, e ir crescendo no decorrer… mas este tipo de coisa é amputar uma da principais características da casa.
    Concordo com todo mundo sobre o anão, é o melhor ator do filme. Mas eu achei que escolheram muito bem também o Robert Baratheon. A Cercis poderia ser a namorada do Clint Eastwood, mas cara, eu consigo odiá-la com todas as forças. Será que é só pelo roteiro, mesmo? Acho difícil! De um modo geral acho que o enredo está ótimo.
    Uma coisa que vocês não falaram foi sobre a idéia de insanidade que passa aquela irmã da Cat. Aquele menino amamentando, ele tem cara e jeito de insano. Tenho um medo profundo deles, estão totalmente fora de órbita. A Cat é muito mais centrada, não sei onde estava com a cabeça pra deixar a justiça ser decidida lá.
    O Ned não é burro, ele é bom. Só isso. A bondade carrega uma ingenuidade associada, não tem jeito.
    Sobre o comentário do “Rapadura” (hehe), acho que o pessoal que costuma acompanhar este tipo de série, com temas medievais e lendas associadas, consegue fechar as conclusões sobre cada fato “não comentado”, pela própria “cultura intrínseca” que ela carrega. Tipo: Daenerys e fogo, ovos do dragão, etc. Ela não se queimar no banho quente, ela não queimar a mão nos ovos, mandar a frase “ele (Viserys) não era um dragão . Dragões não morrem pelo fogo! “, isto faz todo o sentido. Mesmo se não fosse assim tão explícito, dava pra concluir que uma família cujo símbolo e história é de domínio de Dragões, tem poder sobre eles e obviamente não pode ser vulnerável a fogo. Da mesma forma, decidir em duelo uma questão é coisa clássica deste tipo de série/ livro/ filme…
    Isso serve pra um monte de outros casos mencionados. E acho também que é objetivo, sim, instigar a venda de tudo que estiver associado à série, e isso inclui os livros. Então você tem sua hipótese pra “fechar” as cenas e vai lá, ler…ou você já leu e quer saber como eles concretizaram as palavras do autos, se foram fiéis. Uma coisa abraça a outra.
    Cara, tem um monte ainda pra falar, mas vou deixar pra depois…já devo estar ficando chata..
    PARABÉNS PESSOAL, e faço minhas as palavras do 1mberto, postem a lista das músicas, to montando meu acervo medieval aqui…rs

    Que venha o próximo post! Já assisti ao episódio e foi de arrepiar!

    Curtir

    • Denise
      Muito, mas muito obrigada mesmo!
      Penso exatamente como você, em várias questões citadas.
      Mas principalmente no relacionado a Ned Stark.
      Não acredito que ele seja burro sob nenhuma hipótese!
      Relacionando política, tramas palacianas (e sendo elas fictícias ou não) acho injusto e simplista rotular Ned como um burro (ainda mais para quem leu o livro, e acompanha seus pensamentos e motivações!) sendo assim, não compartilho da idéia e me entristeço.
      Deixo uma reflexão para quem brada que Ned é burro:
      Em uma sociedade onde coisas como nobreza, verdade, piedade… são ridicularizadas pela grande maioria, quem seríamos em Guerra dos Tronos?
      Qual alter ego representaríamos?
      Mindinhos?!
      Que lástima! Seríamos assim então: Mindinhos.
      Pequenos.
      Seres minúsculos e inferiores!
      Me sinto grande, por valorizar a grandeza!
      Me sinto imensa, por compreender em dias cruéis como os de hoje, que o perdão a bondade são importantes e devem ser enaltecidos!
      Obrigada Denise, novamente!
      Vai escutar o 7º podcast e entender minha posição 🙂
      Abraços
      Angélica

      Curtir

      • Oi Angélica!
        Seu reply me deixou bem feliz!

        A coisa mais difícil neste mundo é exercitar a empatia, colocar-se no lugar do outro. A maioria fica presa aos próprios preconceitos e se usa como referência para avaliar o que lhe é externo, sem aprender nada com o que seu alter ego tem a oferecer. Isto serve para quem analisa personagens de filmes, livros e séries, mas acontece também na vida real. Tudo tem que ser visto dentro do contexto. Tudo tem explicação. Cada ação é resultado da trajetória do ser e de suas experiências acumuladas. Não existe o certo e o errado, existe sua história, suas escolhas e suas consequências….é tudo uma questão de aprendizado.

        Eu pessoalmente acho que gostar de personagens maus, asociando maldade à força e criticar os bons rotulando-os de fracos é muito mais fácil! Ter peito pra defender personagens que representam idéias e valores como bondade, compaixão, amor…isso é coisa pra guerreiro, isso sim! Dificilmente você vai ver um post que chama a atenção para gente do bem.

        Mas como disse no comecinho, o importante é respeitar a diversidade. As pessoas que pensam o oposto de mim podem usar a mesma frase, adaptando-a à essência delas, e isso vai fazer todo o sentido…É essa a riqueza que vem quando se permite o debate. A coisa mais legal que tem é assumir “Nossa, não tinha pensado nisso!!”

        Em resumo, portanto, cada um deve ser fiel à sua essência PORÉM ter a mente aberta, porque a pessoa que pensa exatamente o oposto do que você pensa pode te ensinar coisas muito importantes. Respeitar a diversidade e ouvir a opinião alheia é uma arte. E ainda bem que tem gente diferente de nós e assim prosseguimos no debate!!!!!

        Vamos ao Podcast do 7o. capítulo !! Derve estar um arraso! Não vejo a hora de ouvir os comentários de vocês sobre a cena do discurso do Drogo. Achei “the best ever!!!”

        E o 8o episódio? Cadêêê?? (Olha só que vício!)

        BEIJO GRANDE!
        Contem comigo pro que precisarem! Vocês estão de parabéns!!

        Curtir

  13. Esqueci de falar antes… Achei a cena do Viserys extremamente bem feita! Passou tudo que senti no livro.
    Concordo sobre os lobos, espero que façam por merecer essa diminuição da “fantasia”. Pra quem não leu o livro, preparem-se pra mindblowing total!

    Desculpe Angelica por ter comentado sobre o 7 antes.

    Curtir

  14. Pingback: Pauta Livre News #32 – Sobre o Nada « Pauta Livre News

  15. Puxa quantos comentários!

    Que bom que o pessoal tem gostado do excelente trabalho que vem sendo desenvolvido através do cast e da série!

    Gostei do episódio, não achei ele mais fraco ou menos importante que os demais, é que o 7 vazou e dá a impressão desse ser “menos importante”.

    Gostei do episódio 06 acredito, principalmente das cenas com Daeneris e a lagartixa.

    Deixei de ler o livro, devido a correria… mas depois de comparado no cast, realemente gostaria de ver a cena de Bran com a adição dos lobos. E Angélica é interessante vc citar que, no livro, Bran cai no riacho, tem a perna cortada (não necessariamente nessa ordem) e visto o capitulo ser narrado por ele, dá uma sensação grande de incapacidade. Mas não consigo ver uma forma de nos colocar sobre a mesma ótica ao transpor isso para as telas.

    Mas ainda bem que tem vcs pra nos trazer essas peculiaridades do livro.

    Muito obrigado pelo episódio e só tenho elogios para toda a equipe!

    Ah e que trilha sonora… muito boa!

    Curtir

  16. Gélica, queridona…

    Nao tinha vindo aqui comentar… tava em débito… agora não tenho mais dividas.
    Tá fantastico o cast, a dinamica e a trilha nem se fale… tá se puxando amiga!

    E concordo MUITOOOO com o que tu disse sobre só mostrar a mulherada pelada e nada dos homens aparecerem… Bora parar de só incentivar a punheta HBO e vamos incentivar a siririca medieval também hehehehehe

    Retomando…

    Eu não costumo ler os livros de grandes sagas transpostas para audiovisual. Nunca li Harry Potter, Senhor dos Anéis, etc…, porém sempre estive em todas as estréias e/ou pré-estreias. Sempre tive apego ao audiovisual.
    Quando eu não tenho nem ideia que um livro será transformado em prod. audiovisual, leio numa boa, agoooora, qdo não sabia de sua existencia e só descobri depois que foi adaptado, me nego a ler para não sofrer com a decepção de uma má adaptação e ficar na ansia da comparação.
    Ontem, fui até a Fnac e fiz com o Livro 1 de Game of Thrones, igual com o Minutos de Sabedoria, abri numa página aleatória, e não é q li o inicio de um capitulo q a descrição era exatamente igual a uma das cenas do EP.05. Fiquei muito feliz, pq sei que estão tentando ser o mais fiel a obra literária. Sei que vcs ficam falando q tal coisa é diferente e tal coisa num é bem assim no livro, mas a proximidade é tão grande q me sinto respeitada como espectadora.
    E vamo combinar, depois que vi o tamanho doS livroS, vou é torcer pra não cancelarem a série antes de toda adaptaçao, pq eu nao vou ler isso NUNCA. hehehehe

    Bjokas a todos e deem o ar da graça lá no Na Calçada, que tb tá de casa nova, igual vcs.

    Thata

    Curtir

  17. PH saudade de você no rapaduracast meu velho! Aquilo tá uma putaria sem você lá! Nunca mais foi o mesmo…
    Abraço e apareça por lá! Filho bastardo também tem direito a pensão!

    Curtir

  18. o seriado é otimo. meu unico medo é em relacao aos efeitos especiais. no podcast vcs comentaram a questao dos lobos. eu temo que so tenda a piorar pq os elementos de fantasia vao aumentando a cada livro.

    Curtir

  19. Opa!

    Estou acompanhando a série e o podcast desde o início, mas nunca apareci pra comentar.

    Até porque não quero vir aqui só pra dizer que gostei do episódio da série ou do cast, mas não tenho como escapar disso nesse comentário, já que não tenho muito como contribuir.

    Então, só quero dar uma força com um agradecimento por vocês serem este ótimo complemento ao seriado. 🙂

    Abração!

    Curtir

  20. Demorei, mas aí estão meus comentários =^)

    Antes de mais nada, parabéns à todos na “Masmorra” pela excelente maratona semanal de podcasts sobre “HBO – Game of Thrones”, um trabalho árduo e editorialmente impecável que, como só outro podcaster sabe reconhecer, depende da ânsia que temos pelo trabalho bem feito e da vontade de compartilhar com os outros esse resultado.

    Parabéns à “hostess” Angélica Hellish, ao Marcos Noriega (um pouco quieto nesse episódio #06), ao PH Santos (impagável e inestimável presença nesse e em qualquer outro podcast), ao Pablo Lopes, ao Mano Araujo, ao Carlos Tourinho (o contraponto imprescindível ao Noriega) e Anderson Marques.

    E sobre o episódio? Gostei, apesar de um pouco mais fraco que os anteriores. Até as falas e bocas de Tyrion (que é o meu personagem preferido) foram menos marcantes.
    Apesar de tudo, gostei do resultado final… coitado do Lagartixa, ninguém merece, mesmo um encosto imprestável como ele =^)

    Angélica e pessoal do “Masmorra”, continuem assim, vocês estão ótimos.
    Posso não ser um fã de Fantasia Épico-Heróica – conhecia essa série de livros do Martin antes da “febre” editorial – e não me interessei até agora em ler mais essa saga, depois do porre que foi ler a trilogia “Senhor dos Anéis” e pouco mais da metade do chato-bagaray “Silmarillion”. Afinal, minha praia preferencial é a Ficção Científica bem hard, yeah baby, yeah! =^)
    Mas vocês (e a HBO) estão me deixando curioso e poderão ser os culpados por me interessar em ler essa bagaça com mais de 5 livros até agora, ou enquanto o Bom Velhinho Martin viver pra escrever =^)

    Abraço forte em todos,
    Paulo Elache (host do PodEspecular Podcast)

    Curtir

  21. Estou aqui para falar em defesa das atrizes e dos lobos.

    1) Atrises: tanto a atriz q faz a Cersei quanto a que faz a Daenerys são boas na minha opinião. Pois as personagens são mulheres que ocupam cargos importantes, que já sofreram muito e se destacam pela habilidade de “mascarar” algumas expressões. Em vários momentos no livro temos a descrição detalhada de como a Cersei passa esse “vazio” nas expressões. Configurando uma estratégia de “Inteligência Emocional” cujo objetivo é de confundir seus inimigos e demonstrar força ao enfrentar condições que deixariam os fracos em prantos. Considero que qualquer atriz que se preze, consegue expressar tristeza, raiva, alegria, etc. Isso são coisas que se aprende nas primeiras aulas de teatro. Não acredito que os diretores de uma obra tão importante deixariam que suas atrizes falhassem assim tão pobremente.

    2) Lobos: de acordo com o livro, sem dar spoiler, os lobos não estão em seu tamanho final (idade adulta) e por isso, considero que a escolha por cães da raça Husky Siberiano ainda é aceitável e deixa as cenas mais naturais. Até o final dessa temporada, não há necessidade de se “aumentar” estes lobos se formos pegar pelo livro. E concordo quando falam que estão limando muitas cenas de lobos. E realmente, naquela cena dos selvagens atacando o Bran, a atuação dos mesmos, fez bastante falta. Mas eles reduziram a quantidade de selvagens e deram uma “overpowerizada” no Robb, para compensar. Então, resta aguardar por melhor uso dos nossos amigos caninos daqui pra frente.
    Conclusão: bom trabalho pelo podcast. Já fiz alguns podcasts também e sei o trabalho que dá. Continuem o bom trabalho. Abraços

    Curtir

  22. botar os nomes dos filmes no site.
    to ouvindo os cast anteriores e (batendo papo na masmora) ta muito bom! so falta colocar os nomes dos filmes indicados e comentados do cast.

    Curtir

  23. Salve, masmorraiada.

    Que prazer vir aqui comentar e dar de cara com mais de 50 comentários. É o reconhecimento pelo trabalho bem feito e realizado com esmero que agora se espalha net afora. Que esse reconhecimento se estenda aos demais programas do site.
    Gostei do episódio, achei que teve vários elementos interessantes que, por não estarem tão explícitos, estimularam a imaginação e a especulação para quem, como eu, não leu o livro.
    Recebe oito perucas de ouro, que valem mais que dinheiro, como nota.

    Abração.

    Curtir

  24. Estou atrasado no podcast pq estou atrasado na série. Quero terminar o livro antes de ver o que ainda não li. Mas antes de mais nada é importante destacar que o podcast está sensacional. Além de vcs terem um ótimo bom humor, estão trazendo bons convidados (como o PH, por exemplo) para debater os episódios.

    Algo que eu queria comentar desse episódio é sobre certas mudanças que não fazem muito sentido. A que mais me inquietou foi na cena das petições, na sala do trono. No livro existe a menção sobre a intenção de Tywin Lannister querer incriminar os Tully, porém, não existe saco de peixes nenhum. Essa incriminação seria justa, já que se devia a um troco à família real sem a bênção do rei. Nem mesmo isso foi incluído na cena, que preferiram inserir ainda mais podridão aos Lannister, como se já não fosse suficiente.

    Pequenos detalhes que podem mudar o tom da trama em geral. No livro os Lannister pensam mais um pouco antes de agir. Na verdade eu nem sei se realmente são eles que realizaram os ataques, mas é o que parece até onde li/vi.

    De resto a série está excelente! Se o roteiro as vezes deixa a desejar, o visual nunca falha.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s