Podcast Guerra dos Tronos # 07

 

 

Masmorra cheia, todos de olho no que está acontecendo em Guerra dos Tronos!

E desta vez veja o Meistre Luwin mostrando pro Theon Greyjoy que ele não é caveira, é moleque, vamos conferir uma participação especial do ‘N Sync cantando Bye Bye Bye e acompanhe um teaser promocional exclusivo de Conan, o Dothraki!

E Angélica Hellish de Brunette (torcendo as mãos nas masmorras de Winterfell) chamou o Anão da Espada Grande (e mente afiada), Ko Erin do Game Of Thrones BR, Mestre Lucas de DruidTree (que nos agracia sempre com sua bela voz! o podcasteiro), Lord Carl Touror de PautalivrestownLady Gisa – Aprendiz de Syrio Forel do Gurias NerdsSor Ed de Campinas Fell, o ilustrador de Westeros.

Arte do banner: Barão
Nosso skype: MasmorraCast

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

Masmorra no Twitter e no Facebook 

Anúncios

57 pensamentos sobre “Podcast Guerra dos Tronos # 07

  1. Angélica, Marcos e todo o pessoal do Cine Masmorra:

    Vocês são fantásticos. Quase não há palavras para expressar o trabalho que estão fazendo, com destaque para a edição da Angélica.

    Fiquei muito feliz de ter participado da gravação com vocês. Já tinha uma ideia do que é estar na Masmorra para falar de cinema, mas a experiência real foi excepcional pela qualidade de pessoas que vocês são.

    Relembrando a gravação e como ficou a edição final, não há absolutamente nada sequer para comparar, está brilhante!

    Ouvi a gravação fazendo outra atividade, mas quando apareceu a voz do Khal Drogo, aquilo arrepiou. Precisei parar tudo e fiquei simplesmente estático. Uma coisa foi ver a cena, que realmente é impressionante por si só, mas outra foi agora ouvir somente a voz e sentir a intensidade daquilo tudo.

    Parabéns pelo programa! São 10 Westeros para vocês e para a Gisa (minha personal advisor), para o Ed Palhares (figuraça!) e para o Tourinho (outra figuraça!).

    Abraços!

    Curtir

  2. Brilhante edição!

    Quanto ao episodio, fiquei muito feliz com o trabalho do Jason Momoa, pois depois desse episodio fico mais tranqüilo quanto à questão CONAN.

    Do mais, interpreto de forma cômica essa aversão externada por alguns membros desta edição do Podcast ao exemplo de hombridade do NED STARK, as pessoas não são capazes de admirar alguém do “bem”, e incrível isso; todo mundo gosta do Darth vader.

    Fui.

    Abs.

    Curtir

  3. Horror, medo e desespero!

    Ficou excelente a edição Angélica, e pelo visto você conseguiu resolver com maestria suas dúvidas quanto a trilha de fundo nos casts 🙂

    Parabéns aos participantes!

    E a voz do Druida é orgasmática e certamente serviria de âncora de uma rádio!

    Abraços a todos!

    Curtir

  4. Opa! Podcast destruindo em alta! Ouço sempre! A ultima vez que fiquei tão tenso, foi com o Rick embaixo do tanque em The Walking Dead. Abraço pra equipe!

    Curtir

  5. Episódio excelente… alcançou onde estou no livro =T A partir de agora tudo vai ser inédito pra mim.

    O podcast, não tem o que falar. Como sempre, excelente!! E eu também sou do Team Ned Stark o/

    Curtir

  6. Acompanho todo os Podcasts do Game Of Thrones. Admito que aguardo-os ansiosamente, tanto quanto aguardo pelos episódios.
    Vocês são tipo o cafézinho depois do almoço, parece que não tá completo até ouvir vocês.
    Todo o puxa-saquismo foi minha forma de dizer: “muito bom, continuem!”

    Abraços de Porto Alegre,
    Onde o inverno já chegou…

    Curtir

  7. Olá. Parabéns pelo pod. Ouvi todos, realmente muito bom.
    Porem o motivo desse comentário não é o pod de vocês e sim um problema que venho enfrentando. Comprei minha cópia de Guerra dos tronos em Fevereiro pela internet, como tinha alguns livros na fila só fui terminar o livro agora e qual não foi minha surpresa ao perceber que faltavam 20 paginas do final do livro, não as fichas das famílias, mas o final do livro mesmo. Entrei em contato com a editora duas vezes com um intervalo de 2 semanas entre elas e não houve manifestação. Gostaria da ajuda de vocês para a voz deu um pobre leitor indignado e frustrado.
    Obrigado e um grande abraço.
    Cássio Silveira Gomides

    Curtir

  8. Não sei se perdi alguma coisa, por não ter lido os livros, mas esse episódio me deixou desanimado com a série.

    Achei algumas coisas muito sem nexo e, numa série dessas, baseada em intrigas, nexo é tudo.

    Como, diabos, o Stark poderia saber, com certeza absoluta, que os filhos da Cersei não eram do Robert? Os cabelos loiros dos Lannister não poderiam ter prevalecido?

    Muito pior que isso, como, diabos, o Stark teria certeza que os filhos eram do Jamie? Como?

    Piorando ainda mais, por quê, por quê, por quê, diabos, a Cersei iria admitir isso tudo pro Stark?

    Enfim, se o pessoal que leu o livro puder comentar, esclarecendo essas questões, se é que existe algo para ser esclarecido, eu ficaria muito grato.

    Esses “furos” realmente me deixaram tristes. Pra mim a série estava seguindo perfeita até então.

    Curtir

    • A frase “A semente é forte” acho que já esclarece a dúvida. Ao ler o livro sobre as diversas casas e suas dinastias, ficou claro que em todas as gerações a “semente” do clã dos Veados prevaleceu, ou seja, os filhos nasciam com as características dos pais, cabelos negros. No entanto, todos os filhos do rei Roberto tinham cabelos loiros, característica que prevalece em todos os filhos da casa do Leão. O homem da sua própria Dinastia que sempre estava próximo da rainha era o irmão dela e na época medieval, algumas famílias acabavam de fato casando irmãos para manter a pureza a manter a riqueza. Para mim, não há furo algum aqui, muito pelo contrário…”a semente é forte” meu caro!

      Curtir

      • Você respondeu bem a primeira questão, Fernando:

        “A semente é forte.”.

        Obrigado pelo esclarecimento.

        Mas a segunda ainda me parece muuuita forçação de barra.

        E levantei também uma terceira questão, que você não comentou.

        Curtir

  9. Quanto ao Mindinho se confessando com prostitutas, não me incomodou, pois essas garotas estão acostumadas a ouvir as mais diversas confissões, traumas e etc. É claro que elas não são pagas para isso, mas na cena em questão Mindinho explica como funciona a cabeça do homem ao lidar com complexos, em estar na pior das condições e um por um momento se ver como mais forte e poderoso.
    Tyrion é, com o perdão do trocadilho, o maior exemplo disso.

    Curtir

  10. Fantastico!!!!
    Angélica concordo com você, o Ned é um grande personagem e nobreza é diferente de burrice, mas em um mundo de víboras.. ele jogar o jogo deles, será apenas mais uma víbora!
    O discurso de Khal Drogo foi forte demais… ansioso pelo próximo episódio e pelo próximo cast também… abração a todos.

    Curtir

  11. Ouvinte novo aqui. Adorei o podcast. A fala do Khal “Lua da minha vida” mostra um pouco do processo de criação do mundo de George R.R. Martin. O apelido carinhoso da Denerys para ele é “meu sol e estrelas”. Os dothraki acham que tudo de importante deve ser feito ao ar livre, faz sentido que eles adorem os corpos celestes. Isso não deixa o Khal Drogo menos apaixonado, mas mostra que os apelidos fazem sentido na cultura deles.

    Sobre o Ned, acho que ele foi o mais inteligente que a moral dele permitia. O objetivo dele não é necessariamente sobreviver, mas fazer o certo. Ele desencadeou elementos importantes para história:

    1) Mostrou que o N’Sync não é herdeiro legítimo
    2) Colocou o psicopata Stanis contra os Lannister

    Não sei como vai desenrolar tudo pq faz tempo que li o primeiro livro e não li os outros. Mas as decisões do Ned terão repercussões por muito tempo

    Curtir

  12. Vi o preview do Ep. 08… Agora na espera da liberação do link! F5 direto no site do filmescomlegenda.net

    ps. já preocupado com o fim da temporada e o loongo inverno de espera até a segunda!

    Curtir

  13. Kalesi são as esposas dos kals, Drogo não é o único kal, é o maior deles, mas existem outros bandos dothraki com outros kals, portanto existem outras kalesis.

    Curtir

  14. Algumas caneladas que eu esqueci de comentar durante a gravação do podcast:

    – Os Stark sempre estiveram no norte. Eles são senhores do norte desde a época dos Primeiros Homens (não confundir com Fringe), de quem eles descendem.

    – Como já foi explicado, nem toda mulher é Khaleesi, apenas as esposas dos Khals. Eu não tinha reparado, mas pode ser que o contexto possa ter “dito” ao vendedor que ali se encontrava uma mulher poderosa.

    – Drogo não tem medo de água; os dohtrakis temem a água venenosa (o mar). O nome se deve ao fato de que eles não confiam na água que o cavalo não bebe.

    Curtir

    • Complementando:
      No lugar onde eles estavam era uma feira mais para os comerciantes pois estavam nas terras dos dohtrakis e visto que esse povo não partilha do compromisso de compra e venda nem de troca. Apenas o conceito de presentes. A vantagem dessa feira para os comerciantes é a proteção da lei dohtraki de não portar armas e nesse local os comerciantes trocam produtos para comerciar nas cidades livres.
      Mas então no local estava cheio de clãs dohtraki, então cheio de Khals e Khalasares e por consequente algumas Khaleesis.

      Curtir

  15. 1 – Mudar para CineMasmorra ficou perfeito.

    2 – O Site está show de bola.

    3 – Estou viciado no seriado tanto quanto o podcast. Inclusive como gosto de ouvir indo e voltando do trabalho, acabou ouvindo mais vezes o CineMasmorra que vendo os episódios. =)

    4 – Angélica, como me disseram, não se apegue a nenhum personagem, caso contrário apenas se decepcionará … tb simpatizo com o Ned e desce atravessado na guela oq anda acontecendo com ele … mas respiremos fundo, que muita água há por rolar, aliás never por cair.

    5 – Me tirem uma dúvida, o barulho das espadadas seriam as caneladas?

    vlw e 10 espadas para o CineMasmorra =)

    Curtir

  16. Estou acompanhando o podcast desde o primeiro episódio e tenho gostado muito, especialmente da trilha sonora.
    Seria muito foda se vocês postassem a playlist do podcast.

    Curtir

  17. Adoro o podcast, só corrigindo a parte do Theon ele fala pra Osha que ela tem “sorte” e não que ela é bonita, que se foce nas ilhas de ferro ela ia ser executada, a legenda é que ta com erro.

    Curtir

    • Pra mim burro é quem escreve “confundi” em vez de “confunde”.

      E acho que já deixei claro que a estupidez do Ned está atrelada a sua ingenuidade. Coisa que seu filho Robb não tem, como mostrado no episódio dessa semana.

      Beijo pra vc!

      Curtir

      • Opa, acredito que você saiba o que significa estúpido, correto?
        Na minha opinião, ele pode até ser chamado de ingênuo, mas não de ignorante ou estúpido.
        Ou pra você ingenuidade é sinônimo de falta de inteligência?
        Mas relaxa, não sou fanboy do Ned e nem nada. Só acho que a repetição cansa.

        Bom trabalho aí.
        Abraços.

        Curtir

  18. Uma coisa que acho interessante lembrar é que no livro, durante a conversa com o Ned, a Cersei se insinua pra ele. Até passa a mão na perna dele, e diz que eles não precisam ser inimigos que podem se unir e tals. Acho que isso deveria ter ido pra série, mostraria bem a personalidade dela, e do que ela é capaz de fazer.
    Na verdade, acredito que estão procurando humanizar demais a Cersei, sempre a pondo como uma personagem dúbia demais, e não vi muito isso no livro. Ela é calculista, e sempre procura ter total controle de tudo a sua volta, ela não é essa mulher ferida que sempre demonstra fraqueza, ao contrário, ela tem a força que nenhum dos irmãos dela tem. Foi muito bem avaliado durante o esse podcast que cada filho carrega em si características do Tywin, o Jaime os dotes militares, o Tyrion a língua e mente afiada e a Cersei, a mais parecida com o pai, a força e obstinação.
    Ela sim, depois do Tywin, é a maior representação do que é ser um Lannister.
    Sobre a cena do Mindinho, acredito que a HBO esteja exagerando nas cenas de mulheres nuas, evidente que é muito bom de se ver, mas sem contesto, acho que distorce um pouco a obra. Como a Angélica afirmou no episódio 6, de fato a HBO é meio sexista, e por muitas vezes peca pelo exagero. O livro em si tem muitas cenas de sexo, preferia que eles reproduzissem essas cenas ao invés de criar novas.
    Eu realmente duvido que o Mindinho fosse se abrir daquela forma pra duas prostitutas, mesmo sabendo que elas não estavam prestando tanta atenção. E também deu a entender que o Mindinho não se relaciona com as prostitutas, o que não é verdade. Ele é dono de bordéis e frequentemente “usa do estoque” que tem disponível.
    Outra coisa que tem me incomodado bastante na série são as constantes cenas de “humilhação” que o Theon tem se sujeitado. Sei que estão procurando adiantar a trama da segunda temporada, mas acredito que estão pecando pelo excesso. O Theon e o Robb no primeiro livro tem várias cenas que deixa claro a amizade que existe entre eles, e na série estão sempre retratando o Theon como um hospede indesejado.
    Bem, é isso. Parabéns pelo bom trabalho, é muito bom ouvir pessoas tão apaixonadas por essa saga como eu sou debatendo sobre a produção da HBO.

    Curtir

  19. Salve, Angélica e galera. Tô sempre ouvindo, só não comento por pura preguiça. Mas o podcast tá show de bola, edição após edição. Senti vontade de comentar nesse por uma cena: na apresentaração do Tywin, todos vcs adoraram… eu concordo que foi incrível ao mostrar quem ele é, mas me incomodou DEMAIS ver ele eviscerando o cervo. Tudo bem, simbologia com os Baratheon, mas um LORDE fazendo um trabalho braçal, de servo? Pra mim não tem o menor sentido isso… pode ser excesso de preciocismo da minha parte, mas não pude deixar de reparar nisso.

    Enfim, abraço e continuem mandando bem, pois a experiência de assistir os episódios só fica completa após ouvir vcs 😉

    Curtir

    • Uma boa observação, mas isso diz outra coisa muito importante sobre o carater do Tywin e o quanto esta cena é simbólica: Ele não é de mandar fazer, não tem medo de sujar as mãos pra fazer algo e se é pra fazer direito ele mesmo faz. A maestria com a qual ele estava limpando o cervo mostra o quão habilidoso e frio é esse personagem.

      Curtir

  20. DROGO CHUTA BUNDAS! (esqueci de dizer isso no cast, droga).
    Caramba, Milady Hellish detonando na edição do cast. Sensacional mesmo. Curti muito gravar com todos e mais uma coisa para os ouvintes do cast:VOCÊS SÃO DEMAIS! e Leave Tourinho Alone! (O Stupid Stupid Ned Stark que ele solta me faz rir sempre apesar da Angélica nnao curtir muito isso heheheh.)

    Curtir

  21. Genthy.. descobri o podcast de vcs ontem e estou ADORANDO (já ouvi os 3 primeiros)..
    A série é muito boa, e não me contive…. Comprei o 1º livro, gostei muito e já estou lendo A Fúria dos Reis..
    Só quero agradecê-los por esse trabalho e tab por reavivarem a minha memória.. Depois volto pra comentar os detelhes do livro.. quando estiver em dia…
    Bjs a todos
    E Bardo, seu lindo!!!!!!
    Faz uma rima pra mim!!!! hahahah

    Curtir

  22. Foram apenas 7hrs sem parar escutando esta tropa da masmorra falando sobre uma das series bem feitas Escutei sem pausa alguma os 7 episodios =D..gostei muito já elogiei alguns por twitter.
    Mas venho parabenizar todos o/

    É otimo pra se informar,rir oiaoiaoi’

    Stupid Stupid Nerd Stark o/ oiaoiaoiaio’

    Os votos e agradecimentos finais é show de bola tbm ;]

    Virei fã do site aki xD

    To mais ainda louco pra ler o livro =D, só aumenta minha vontade de comprar os 2 logo

    Bom

    Curtir

  23. Olá a todos!
    Estou gostando muito do especial Game of Thrones. Já twitei e retwitei para quem quiser saber.
    No último episódio,o #7, concordo e discordo com o Tourinho e acho que Angélica exagerou um pouco (:-b): Eddard Stark não é burro ou estúpido, mas sim um homem honrado e ponderado e assim estava acostumado a liderar em Winterfell. Porém, no Jogo dos Tronos, na política, nas intrigas e sortilégios em busca do poder enfim, honra e ponderação são características que importam muito pouco quando comparadas à astúcia, sagacidade, malandragem, alianças secretas, articulações políticas e QI (“Quem Indica”).
    Eu indicaria ao Stark para ler o livro A Arte da Guerra de Sun-tzu ou as 48 Leis do Poder de Robert Greene. Honra e lealdade só servem aos amigos; aos aliados, a desconfiança; e aos inimigos, o sofrimento e destruição.

    Valeu pelo ótimo podcast!

    Mickael

    Curtir

  24. Pingback: Pauta Livre News #33 – Aventuras em RodLand: Parte 1 « Pauta Livre News

  25. Eu ouvi o podcast do episódio 6 e achei interessante o protesto da Angélica sobre as cenas mais temperadas da série serem voltadas apenas para o público masculino.
    Ao assistir o episódio 7 me rachei de rir quando vi o malandro que tentou assassinar a Daenerys – e que agora virou prisioneiro dos Dotraks – andando nu amarrado ao cavalo da Daenerys. Pensei comigo: O protesto da Angélica deu certo 🙂
    Brincadeiras a parte, gosto muito de ouvir os podcasts depois de assistir cada episódio. Os comentário são sempre muito bons e nos dão uma visão diferente de cada cena, além de atentar para alguns fatos que não prestamos muita atenção num primeiro momento.

    O simbologismo do cervo sendo descarnado na primeira cena do episódio #7 havia me passado totalmente despercebido. Ri muito imaginando o Kall Drogo com uma guitarra na mão e dizendo suas palavras de guerra.

    Parabéns a todos.

    Curtir

  26. Depois de ver o sétimo episódio e escutar o cast de vocês, não resisti em comentar pela primeira vez. Já ouvi todos os episódios anteriores e vocês estão fazendo um trabalho sensacional! O podcast de vocês complementa de forma excelente, tanto que nem havia sacado também a questão da simbologia do começo desta episódio. Muito interessante mesmo.

    E que episódio foi esse! Como o Tourinho falou, já estão jogando tudo na sua cara. Isso foi sensacional. O discurso do Kahl Drogo é de arrepiar.

    Parabéns, pessoal. Vocês são incríveis! E já fiquei fã do Lucas Yassumura também, hehe.

    Curtir

  27. Pingback: Dica de Pod: Pauta Livre News #33 – Aventuras em RodLand |

  28. O melhor cast sendo eu uma super fã do Khal Drogo!
    Confesso que sempre ficava meio chateada quando ouvia vcs zuando a interpretação do Jason, mas depois entendi que era pq eu já tinha assistido todos os episódios e já tinha visto aquela cena espetacular do Jason (eu tbm saltei da cama e gritei igual louca na cena kkkk muito foda!) antes de ouvir o cast… Então fiquei ansiosa por escutar o comentário de vcs a respeito da cena, e devo dizer, fiquei muito feliz e animada por ver que compartilharam a mesma emoção que eu tive!

    Aaaah e só respondendo uma coisinha que vcs ficaram na dúvida, e não sei se já descobriram depois de todo esse tempo, é que KHALEESI pra mim significa rainha, assim como KHAL deve significar rei xD

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s