Masmorra Cast #38 Crying Freeman – O mangá, os ovas e (argh) o filme

freeman

Continuando nossos podcasts falando dos excelentes mangás roteirizados pelo mestre Kazuo Koike, falamos desta vez sobre Crying Freeman que conta com a arte de Ryoichi Ikegami. Uma obra excepcional com altas doses de violência e erotismo que conta a história do Sr. Yo, um jovem ceramista japonês que ao denunciar um assassinato, é recrutado à força pelos 108 Dragões, uma organização criminosa chinesa que, através de uma técnica de hipnose e acumpultura, o transforma em seu assassino principal e logo depois, em seu novo líder.

Devido a um efeito colateral de seu treinamento, Yo sempre derrama lágrimas após matar alguém, daí seu codinome “Crying” (chorando)

Esta série foi exibida no Japão de 1989 a 1992. Já em 1995, é produzido um filme para cinema, dirigido por Cristophe Gans.

Angélica Hellish e Marcos Noriega convidaram para conversar sobre a obra os amigos Eduardo Cosso do Internet Discada, Destino Poltrona e Dimensão Nerd,  Sr. Seu Panda do Cruzador Fantasma e do Pauta Livre News e André Faccas do Quadrim

Banner de Daniel de Assis

Assine nosso feed: http://feeds.feedburner.com/CineMasmorraPodcast

Citados:

Ovas de Crying Freeman (em inglês)

Trailer do filme

Masmorra Cast sobre: Lady SnowbloodLobo Solitário

Podecash falando de Avatar A Lenda de Aang

NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

PARA FAZER DOWNLOAD CLIQUE AQUI COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E SELECIONE SALVAR LINK COMO

Masmorra no Twitter e no Facebook 

Youtube:

Anúncios

14 comentários Adicione o seu

  1. Eta caraleos se fizeram um filme desse mangá então deve ter sido um tremendo pornozão a la Tarantino ,ou não !

    1. Ivan disse:

      Ficou no “Ou não.”
      😉

    2. Eduardo Cosso disse:

      Bem, o filme sozinho como uma fita de ação B, agrada e muito aos fãs do gênero. Como adaptação teve que cortar muita coisa legal e adaptar para o mercado norte ameriano. Mesmo sendo um filme do Christophe Gans, que é um frances que dirigiu novamente o Dacascos em Pacto dos Lobos, do novo cinema de açao francês, o qual sou muito fã.

  2. MuDragon disse:

    Porra, eu gostava do filme na época, mas nunca mais revi…
    Hoje em dia tenho medo de assistir e me decepcionar…
    Sempre que vejo algo sobre Crying Freeman eu me lembro do filme Blue Tiger http://www.imdb.com/title/tt0109307/

    Vai entender…

  3. Dom disse:

    O filme com o “grande” Mark Dacascos eu vi e gostei. Procurar…

    Aliás, máfia vem de “mafiusu” que é uma latinização do termo mahyas que significa soberba, agressividade…

  4. Marcelo B. Neves disse:

    Eu também, na época curti o filme… acho que foi um dos primeiros filmes em dvd que vi; sabia da existência do manga/ovas mas ainda não fui atrás, acho que vou corrigir esse erro, ate porque esse estilo de animação me agrada muito, vide Hokuto no ken.

  5. Ivan disse:

    Na época em que Angelica falou de Crying Freeman, fui conferir alguns episódios, e fiquei maluco, saí fazendo maratona e não me arrependi, o anime é excelente, e também fui conferir o filme, não me arrependi, mas deveria ter assistido ele primeiro que os animes e deveria ter assistido dublado, ouvir aquela voz de menino de coral do Mark Dacascos é a pior parte do filme.
    Ainda não li o manga, mas quando tiver oportunidade irei aproveitar.
    Quanto ao podcast, o que posso dizer, padrão Masmorra de qualidade, Muito bem conduzido e editado, as contribuições dos participantes foram excelentes, o pessoal entende do assunto, parabéns a todos.

  6. Bruno Gunter disse:

    Acabei de ouvir o cast e vou dizer que estou quase (atentem para o quase) correndo atrás do Anime.

    Quanto ao filme eu gosto muito. Dacascos é um lorde trash e merece respeito. E por falar no lorde mexicano do mal, ele tá dando as caras no remake do seriado Hawaii 50. Recomendo,

    1. Dom disse:

      O “Batalha dos Mortos” dele vale até um podtrash… É o Bruce Lee no Apocalipse Z dando porrada.

  7. Almighty disse:

    Mais um anime/mangá pra lista infinita! =D

  8. Tio Helbert disse:

    Onde vocês conseguiram Freeman pela Abril? Não existe.

    Tem uma edição encadernada da Mini da Nova Sampa.

  9. Silvio disse:

    Muito bom podcast. Eu sou um feliz proprietário da coleção do mangá da Panini e um (in)feliz (?) dono da versão do filme em DVD (que, aliás, vi no cinema!). O mangá acho que perde força no decorrer dos episódios mas, no computo geral, é bem bom. Uma obra escrita por Sho Fumimura com desenhos inspirados do nosso Ryoichi Ikegam que merecia ter seu final publicado (morram todos que fazem parte da editora Conrad!) é Sanctuary. Já leram? NOTA 10!
    No mais, continuem com o excelente trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s