Masmorra à Trois #4 – Trilogia da Guerra por Andrzej Wajda

cine-masmorra-2

Voltando a série Trilogias, Angelica Hellish, Marcos Noriega e Douglas Fricke do Podtrash, trazem para vocês as impressões sobre a  sensacional Trilogia da Guerra dirigida pelo cineasta polonês Andrzej Wajda,  sinônimo de cinema político polonês desde os anos 50.

Wajda iniciou sua trajetória nas telas em 1954, com “Geração“. O filme já apresentava aspectos relacionados à realidade dura de seu país, num enredo sobre um grupo de resistentes que se voltam contra os alemães durante a invasão de Varsóvia em 1942. O longa formou a chamada “trilogia da guerra” com os igualmente fundamentais “Kanal” (1957) e “Cinzas e Diamantes” (1958).

O cinema de Andrzej Wajda transita, dessa forma, entre a estética e a ética, investigando vários meandros e, no processo, transformando tudo em boa arte.

Edição e trilha sonora realizada por Diego Pinto do Cine Desbravador (visite!)

Nossos agradecimentos aos amigos do Randomcast : Valério Gamer pela arte do banner e Mey Linhares por emprestar a bela voz para a vinheta inicial desse projeto.

Divulgue esse podcast. Divulgue bom cinema:

 

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

Masmorra no Twitter e no Facebook 

Anúncios

13 pensamentos sobre “Masmorra à Trois #4 – Trilogia da Guerra por Andrzej Wajda

  1. Quando vocês falaram sobre filmes filmados nas ruínas de guerra lembrei de Accattone, filme de estreia de Pasolini,não diz exatamente o ano em que ocorre, mas tem todo um clima de pobreza de uma nação exaurida pela guerra, mesmo que seu contexto seja bem outro, a estória de um cafetão. http://youtu.be/CvpR8TifYc0
    Fiquei muito curioso sobre esta trilogia pela descrição que vocês fizeram, vou procurar para assistir, é muito interessante poder ter mais um ponto de vista sobre estes acontecimentos tão marcantes do século 20, que geralmente é mostrado pelo ponto de vista americano.
    Quanto a liberdade que vivemos no nosso país nos dias de hoje é preciso entender melhor a que tipo de liberdade está sendo referido, por exemplo vejo caras como Danilo Gentili reclamando por não ter liberdade para humilhar as pessoas, como ele fez no caso da mãe doadora de leite, qual o benefício para a sociedade disso?
    Eu, e vocês, vivemos parte de nossas infâncias na ditadura isso deveria ser uma referência para o que é viver em liberdade, e em sociedade, coisa que os que nasceram na década de 80 pra cá só podem ter através de relatos.

    Curtir

  2. Angélica e Marcos,
    Neste formato, cabe falar de “Era uma vez no Oeste”, “Quando explode a vingança” e “Era uma vez na América”.

    Grande abraço!

    André

    Curtir

  3. Parabéns pelo podcast, o único trabalho que eu conhecia desse diretor é Danton, o processo da revolução, que acho um ótimo filme. Agora fiquei doida pra ver a trilogia da guerra e outros trabalhos do diretor. Continuem realizando esse incrivel trabalho, aguardo novas trilogias. Um abração!

    Curtir

  4. Pingback: Podtrash 168 – Lado B… de Bratislávia!

  5. muito legal o cast! eu não conhecia este diretor, mas gosto muito da história da Polônia (minha família materna veio de lá).. vou assistir a trilogia! obrigada pela indicação

    Curtir

  6. Resposta ao masmorra a trois Wajda
    Fala Raysa!

    Para entender melhor um pouquinho mais da história e da sociedade do país de origem da sua família, procure assistir também Agnieska Holland, Zulawski e Kieslowski, todos imperdíveis!

    Foi uma honra ter participado desse Masmorra A Trois com a Angélica e o Marcos, pois essa é uma das minhas trilogias favoritas de todos os tempos!!

    É o que a Angélica disse, trata-se da desglamourização da Guerra e da violência no cinema engajado da melhor qualidade!

    Abraços!!

    Curtir

  7. Pingback: Feedback, recomendações de filmes e séries, música e o fim do nosso podcast. | Cine Masmorra

  8. Pingback: Feito por Elas #01 Agniezka Holland | Feito por Elas

  9. Pingback: Feito por Elas #01 Agniezka Holland | AntiCast

  10. Pingback: Masmorra Classic #16 Dersu Uzala | Masmorra Cine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s