Masmorra Classic # 7 – O Homem que Matou o Facínora

banner-o-homem-que-matou-facinora

Voltamos com o projeto Masmorra Classic!

Ainda vamos lançar vários podcasts antes de fechar as portas por aqui 🙂

Angélica Hellish e Marcos Noriega convidaram o amigo Paulo Elache do Podespecular Podcast para conversar sobre esse clássico inesquecível de John Ford. Falar um pouco de sua biografia e impressões das cenas e roteiro incrível baseado no conto da escritora Dorothy M. Jhonson.

O Homem que Matou o Facínora é de 1962 e conta com atuações de atores memoráveis do cinema: John Wayne , James Stewart , Lee Marvin , John Carradine , Lee Van Cleef , Edmond O’Brien , Vera Miles entre outros.

O podcast contém spoilers de todo o filme! Se preferir, assista o filme primeiro.

Youtube:

Edição realizada por Diego Pinto e Angélica.

Assine no Itunes e lembre de nos avaliar. Isso é importante.

 

Banner de Mariana

Citados: Podcast sobre Stephen King , Deadwood, Masters of Horror,

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

Masmorra no Twitter e no Facebook 

Anúncios

5 pensamentos sobre “Masmorra Classic # 7 – O Homem que Matou o Facínora

  1. Angélica, não termine com o site e o Masmorra. É um projeto bem sucedido seu, um sonho seu. Vc ama cinema e se vc o abandonar é como se parte de vc morresse junto. Faça o podcast quando puder (em algumas ou poucas ocasiões, mas faça),e não o abandone. Saiba que vc tem um número considerável de admiradores. Um grande beijo e obrigado.

    Curtir

  2. Oi a todos!

    Faz algum tempo que assisti esse filme e o podcast foi muito bom! A edição ficou bem legal, e a maneira como o podcast foi desenvolvido foi muito muito, deu um belo gostinho de quero mais.

    Além de me dar outra visão do filme, fiquei pensando o quanto o o diretor e roteirista foram sagazes, pois sendo o faroeste uma verdadeira moda nos EUA, mesmo tendo o gênero decaindo na época, usou aquilo que fora e ainda era uma grande moda para trazer uma profunda reflexão política e ética.

    Trazer o momento de formação da cultura dos EUA, da época que ficou no imaginário deles, para daí criticar a própria base dessa cultura é fantástico. Ainda mais num filme que ainda pode ser visto como mais um faroeste para se divertir,.

    Muito e parabéns a todos por mais este ótimo episódio!

    Tiago

    Curtir

  3. Olá, estava acompanhando o Podcasteros no site http://www.gameofthrones.com.br, por Game of Thrones ser uma trama complexa que envolve muitos personagens e histórias paralelas acontecendo ao mesmo tempo, passei a acompanhar as análises com e sem spoilers, mas queria saber mais, então comecei a acompanhar algo que nunca tive conhecimento, o PODCAST.

    Ouvi todos os Podcasteros, e a equipe excelente, 3 lá acabaram me chamando a atenção, Ana Carol, Angélica Hellish e Marcos Noriega.

    Ana pela paixão pela série, ela se mostra tão fascinada a história, parece fazer até parte dela, chora e ri, vive os personagens, a trama, tem horas que ela para pensa, e viaja pela história, tanto nos livros quanto pela série, você vê como aquilo faz parte dela.

    Angelica e Marcos me chamaram a atenção pelo jeito divertido e por mostrarem um conhecimento que ia muito além de Game of Thrones, apesar de não terem lido os livros, estavam envolvidos com a série, aos personagens, e ajudaram além de entender a série e as ações dos personagens, mostraram o quanto entendem de cinema, pelas dicas de outros filmes e seriados.

    Após acabar a temporada de game of thrones, começou a minha abstinência por podcasts…

    Senti saudades daquela galera, e alí no Podcasteros, e então lembrei da sugestão da Ana Carol de visitar o CineMasmorra, confesso que tinha muito preconceito a filmes muito antigos, estava acostumado com aquele tipo de cinema americano, cheio de efeitos especiais e tudo mais, mas também assisti muitos filmes que fugiam desse padrão nas madrugadas da globo e em canais por assinatura, onde fugia um pouco daquele padrão americano.

    O Primeiro Podcast que eu ouvi foi do “Feedback, recomendações de filmes e séries, música e o fim do nosso podcast.” , “Poxa, mal cheguei e já está acabando!”, pensei comigo, e comecei a ouvir os primeiros podcasts, que começou em 2009, poxa estamos em 2014, porque não conheci esse projeto antes! 😦

    Ouvi até o momento o Podcast 22 (e não consegui ouvir o “Masmorracast – Assistindo o Oscar na Masmorra 2010” parece estar fora do ar, uma pena) nesses 22 Podcasts, vi o quanto Angelica Hellish e Marcos Noriega são gente boa demais, chamam as pessoas para participar, gostam de ouvir opiniões, citam o blog e trabalhos de todos os participantes e possuem um conhecimento incrível sobre cinema, eu rarissimamente guardo o nome de algum ator/atriz, diretor então menos ainda, mas Angelica e Marcos só faltam citar os nomes dos figurantes, haha incrível.

    Mais tarde Daniel Ruiz, Eduardo Cosso, Mariana Bonfim, Cafeína, Claudinha França, Polly Ana e muitos outros que além de mostrar conhecimento, suas colaborações e principalmente simpatia, fizeram cada Podcast ser ainda melhor.

    Um filme que gostei bastante foi A Batalha de Riddick, achei que o filme englobou vários acontecimentos, vários planetas, achei até que era muita história a ser explorada para “espremer” em um filme, mas mesmo assim, gostei do filme, é um anti-herói que não tem superpoderes, não é invencível, ele apanha, mas é persistente e assim vence os desafios contando com ajuda e muita sorte, assisti a sequência e já não gostei tanto, queria saber se tinha mais filmes, mas nunca achei, até que vocês comentaram do Pitch Black, que era também da cronologia do Riddick, graças a vocês pude assistir ao filme, que apesar de ser de 2000, gostei demais.

    Estou aos poucos buscando alguns filmes que vocês citaram, muito obrigado pelas dicas, assistindo filmes que se não fosse vocês, talvez jamais conheceria.

    Entendo que os compromissos da vida as vezes nos privam de certos lazeres, estou sentindo na pele isso, estou em uma transição de passar de funcionário, para ser patrão e as responsabilidades que estão para vir logo de começo, vão tirar muito de meu tempo, espero que sobre tempo para pode continuar o espetacular trabalho de vocês.

    Antes de desejar a continuidade do CineMasmorra, desejo o sucesso na vida profissional e pessoal para Angelica, Marcos e toda equipe, porque se vocês estiverem bem em suas vidas, melhor ainda vai estar o CineMasmorra e sua continuidade.

    “Cheguei tarde” mas que bom que tive a oportunidade de conhecer pessoas tão incríveis, desculpem a extensa mensagem, é que em poucas palavras ficaria difícil de descrever a gratidão pelo trabalho de vocês e o que representa a mim, obrigado.

    Curtir

  4. O episódio ficou excelente, padrão Masmorra de qualidade, fiz questão de assistir o filme na versão dublada, filmaço, os trechos que foram inseridos no programa ficaram muito bons.
    E Que bom ouvir Paulo Elache participando de um podcast novamente, junto com Angélica e Marcos, são o trio de ouro do Masmorra Classic.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s