Masmorra Classic #12 Fuga no século 23

masmorra classic 12

Voltamos com mais um Masmorra Classic! Nossa visita aos clássicos que merecem ser (re) descobertos!

Angélica Hellish e Marcos Noriega convidaram Edson Oliveira do Dimensão Nerd e Ivan PD do Tumblr Masculino/Feminino para conversar sobre o filme de 1976 Fuga no século 23 ( Logan’s Run) dirigido por Michael Anderson.

Filme inspirado em conceitos muito interessantes já abordados na literatura e que posteriormente inspirou outras produções cinematográficas.

Saia do Domo, venha curtir o bate papo e aproveite os links que estão disponibilizados logo abaixo.

logansrun1-1024x428

Filme  /  Série

O mito da Caverna de Platão em quadrinhos

Filme: No mundo de 2022 (Soylent Green)

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE – SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

Masmorra no Twitter e no Facebook 

Anúncios

7 pensamentos sobre “Masmorra Classic #12 Fuga no século 23

    • Não, Aeon Flux é uma versão “live action” de um desenho animado seriado produzido pela MTV em parceria com a Coréia do Sul e dirigido por Peter Chung. A série foi exibida pela primeira vez em 1991 e, aparentemente não foi inspirada no filme “Logan’s Run”. A animação é espetacular e vale muito a pena conhecer.

      Curtir

  1. Olá! Olá! Olá!

    Amigos Angélica e Marcos, sou um fã incondicional de Fuga no século 23!

    Na minha opinião Logan’s Run é uma das distopias mais completa, e mesmo a série tem pontos cruciais. Não vou me estender muito nesse comentário, mas prometo retornar em um futuro não muito distante para tecer meus comentários,

    Abraços do amigo KING!

    Curtir

    • Olá! Olá! Olá!

      Mais uma vez solicito os masmorrianos pelo excelente podcast! Concordo inteiramente sobre o que foi mencionado a respeito de logan’s run, e adiciono apenas duas informações!

      A novela tem um “Q” de spaceopera com dois plottwist incríveis (mudança de alinhamento de personagem e quebra de paradigma).

      Muitos desses elementos estão presentes no We de Zamyatin, que merece ser lido por todos aqueles que amam o gênero distópico.

      Em tempo, o episódio do viajante no tempo é incrível – suscitando uma questão ética que dificilmente é abordada em qualquer filme de viagem temporal; se para salvar salvar um futuro pessimista temos o direito de excluir a possibilidade da esperança desse futuro em dias melhores;

      abraços!

      Curtir

  2. Pingback: Masmorra Classic #15 – É Proibido Procriar | Masmorra Cine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s