[Mês do Horror] Calabouço da Liv #12 – Terror Em Dose Dupla

maxresdefault

Como vocês sabem, Outubro é o Mês do Horror aqui no Masmorra! Além dos diversos (e excelentes) podcasts sendo lançados, eu também farei alguns textos com essa temática. E para começar com pé direito (ou esquerdo?) eu decidi falar de filmes de terror/suspense com gêmeos sinistros.

Antes de tudo, quero deixar claro que não acho que gêmeos na vida real sejam sinistros! Mas já que o cinema de terror gosta de explorar esse tema eu vou aproveitar e listar 5 filmes assustadores com gêmeos bizarros!

Across the River (Oltre Il Guado, 2013)

OltreIlGuado01

Esse é, sem dúvidas, um dos filmes mais aterrorizantes que eu já assisti na minha vida. As cenas ficaram na minha cabeça por muito tempo, e eu morria de medo de ficar sozinha, vai que as gêmeas loiras aparecem pra mim, né?? Mas enfim, o filme italiano (infelizmente muito subestimado) é sobre um etologista, que se isola em uma floresta, com seu trailer, para analisar o comportamento dos animais locais, e acaba ficando preso do outro lado do rio, graças a uma tempestade violenta que faz com que fique impossível ele cruzar a correnteza com o veículo. Acontece que, ele se abriga numa antiga vila abandonada (que realmente existe e é belíssima), só que ele não sabe que o motivo pelo qual a vila está em ruínas é porque duas irmãs gêmeas, ditas como amaldiçoadas, causaram o terror ali há muitos anos. Sério, o filme não perde nada por ter um baixo orçamento. A trilha sonora é maravilhosa, eles sabem explorar o silêncio perfeitamente, o que nos causa ainda mais aquela sensação de tensão e desconforto. Até o jeito com qual eles retratam as gêmeas é apavorante, porque elas variam de crianças para adultas, e cada aparição é mais sinistra que a outra.

Boa Noite, Mamãe (Ich Seh Ich Seh, 2014)

goodnight-mommy-2

Esse filme austríaco/alemão ficou bem famoso na sua época pelo trailer assustador, o que depois causou um pouco de decepção em algumas pessoas porque o filme não é exatamente aquele terror clichê. Eu, particularmente, gostei bastante. O filme segue, em sua maior parte, o ponto de vista dos irmãos gêmeos Lukas e Elias, que são inseparáveis. A mãe deles acaba de chegar em casa com o rosto completamente enfaixado depois de ter feito uma cirurgia plástica, o que causa um espanto nos garotos, os fazendo suspeitar de que aquela mulher não é a sua verdadeira mãe. O filme sabe trabalhar muito bem as coisas banais diárias, que são aparentemente inocentes, mas que ganham um ar mórbido sob certa luz. A imagem da mãe também é bem bizarra, porque apesar de ser um procedimento comum de pós-operação, não deixa de ser assustador, principalmente porque a vemos com os olhos dos garotos. Mas o filme não possui apenas uma camada, é possível tirar várias análises dos acontecimentos. Vale a pena assistir mais de uma vez.

Irmãs Diabólicas (Sisters, 1972)

sisters72

Dirigido por Brian de Palma, o filme conta a história de uma jornalista (Jennifer Salt) que testemunha um assassinato bem violento acontecer no prédio vizinho, mas quando ela conta para a polícia eles não acreditam. Por outro lado, temos a personagem de Margot Kidder, que mora no apartamento onde o crime aconteceu, e acredita ter sido sua irmã gêmea que matou o homem. O filme segue as linhas das duas personagens, ambas tentando entender o que realmente aconteceu. Um detalhe interessante é que as gêmeas eram siamesas, ligadas pelo quadril, e são levemente baseadas em Daisy e Violet Hilton, que foram bem famosas no início do século XX, exploradas pelas pessoas ao seu redor, que estavam apenas interessadas em dinheiro.

Espíritos 2 – Você nunca está sozinho (Alone, 2007)

Alone-2007-film-images-4915a6be-811d-465b-b44c-bfca29cadc1

Esse filme tailandês foi erroneamente vendido no Brasil como sendo continuação de outro filme assustador, Espíritos (Shutter, 2004). A verdade é que a única coisa que liga os dois filmes são os diretores Banjong Pisanthanakun e Parkpoom Wongpoom. Nessa história aqui, uma mulher é atormentada pelo espírito de sua irmã gêmea siamesa que morreu na cirurgia de separação. Só que a trama tem mais detalhes obscuros do que aparenta. Olha, eu juro que pulei de susto em alguns momentos, sem contar que o filme possui um ar pesado de desconforto e tensão que te deixa com calafrios em várias cenas. Não sugiro assistir ao filme à noite. Aliás, não sugiro assistir nenhum desses filmes à noite!

O Iluminado (The Shining, 1980)

the-shining

Não podia deixar de mencionar esse clássico, dirigido pelo mestre Kubrick, e baseado no livro de Stephen King (que não ficou tão satisfeito com essa versão). Jack Nicholson interpreta Jack Torrance, um escritor frustrado, que vai com a família cuidar de um hotel que ficará fechado no inverno, e assim tentar buscar sua inspiração de volta. Só que o hotel não é tão inocente quanto aparenta, e ele vai atormentando essa família de pouco a pouco até conseguir o que quer. E claro, uma das cenas mais clássicas é a das menininhas gêmeas paradas no meio do corredor, chamando o Danny para brincar. É verdade que elas aparecem pouco, mas suas cenas são perturbadoras, não só pelos sorrisinhos macabros, mas também porque vemos os seus cadáveres banhados em sangue em certo momento, e ver duas crianças nessa situação é de causar espanto e choque em qualquer pessoa sã.

Existem outros filmes sinistros com gêmeos também, então fiquem a vontade para citá-los e dizer quais são seus favoritos!

 

Anúncios

Um pensamento sobre “[Mês do Horror] Calabouço da Liv #12 – Terror Em Dose Dupla

  1. Pingback: [Mês do Horror] Calabouço da Liv #13 – Clichês no Terror | Masmorra Cine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s