Calabouço da Liv #11 – Precisamos falar sobre Michael Pitt

michael_pitt.jpg

No primeiro post da série “Precisamos falar sobre…” (que eu decidi virar uma série agora) eu falei sobre a maravilhosa Tilda Swinton, você pode conferir AQUI. Hoje eu decidi falar de outro ator alternativo, que apesar de ter feito alguns blockbusters, prefere se aventurar pelo cinema independente e cult. Assim como fiz no texto sobre a Tilda, falarei sobre sua carreira, citarei seus trabalhos e no final escolherei dois filmes para uma análise mais detalhada.

Michael Carmen Pitt nasceu em New Jersey, EUA. Agora com 36 anos, ele começou a carreira bem novinho. Foi sozinho para New York aos 16 anos, sem dinheiro, sem emprego e sem lugar para ficar. Depois de conseguir um trabalho como mensageiro de bicicleta, ele frequentou a Academia Americana de Artes Dramáticas, mas não ficou lá por muito tempo. Não desistiu de seguir a carreira, porém, e foi por estrear em uma peça pequena de teatro que um agente o descobriu e o sugeriu para tentar um lugar na série Dawson’s Creek, que fez muito sucesso nos anos 90 e 2000. Além de atuar, ele também canta e toca guitarra. Aliás, tem uma banda chamada Pagoda.

Continuar lendo