Calabouço da Liv #01 – Dicas Independentes: Capitão Fantástico e O Universo no Olhar

titl1

[Não contém spoilers]

Alguns filmes são lançados de forma tão tímida que se você não for atento acaba perdendo. É o caso da maioria dos filmes de baixo orçamento, os independentes. Mas vocês já sabem disso. O que eu quero fazer aqui de tempos em tempos é indicar alguns filmes que passam despercebidos pelo grande público, mas que apesar de serem pequenos em produção são grandes em significado e fazem bons sucessos em festivais. Nesse primeiro post vou começar por dois filmes, de certa forma, recentes: Capitão Fantástico e O Universo no Olhar. Os dois longas me emocionaram bastante por razões diferentes, mas ambos focam na complexidade das relações humanas.

Continuar lendo

Trash em forma de boneco

Horror! Medo! Desespero!

O dia das crianças passou para a grande maioria das pessoas. Mas para outros, o terror está presente sempre. Principalmente para os espectadores de cinema podreira onde o enredo se desenrola a partir de sangue, bonecos e facas.

E a tosquice mais famosa de todas é o Child’s Play, conhecido aqui no Brasil como Brinquedo Assassino do brilhante diretor Tom Holland (A Hora do Espanto). E neste filme de terror – se é que um boneco “good guy” aterroriza alguém – temos um assassino que faz uso de seus conhecimentos arcanos de Magia Negra para transferir sua alma para um boneco e se salvar de um tiro mortal. Mas mesmo em corpo de boneco, o assassino resolve manter seu bodycount de assassinatos. E não se esqueçam, don’t fuck with the Chuck!

Continuar lendo