[Mês do Horror] Calabouço da Liv #14 – “Sou uma donzela, estou indefesa, mas eu saio dessa.”

meg1.png

O problema nunca foi a falta de presença feminina nos filmes de terror, mas sim a maneira como essa presença é representada. Antigamente era pior, com certeza, até mesmo pelo contexto histórico. Se as mulheres são oprimidas ainda hoje, imagina nos séculos passados. E como o cinema sempre foi um reflexo de sua sociedade atual não podia ser diferente: ou as personagens eram puritanas delicadas, precisando ser resgatadas pelo mocinho, ou elas eram sexualizadas e objetificadas ao extremo, normalmente colocadas como as vilãs ou párias.

Felizmente isso foi mudando de pouco a pouco, agora temos protagonistas muito mais complexas e diferentes, principalmente com a entrada de mais diretoras no gênero. É bem irônico algumas pessoas acharem que mulher não tem lugar no cinema de horror, sendo que uma das histórias mais famosas de horror foi escrita por uma mulher (sim, estou falando do Frankenstein de Mary Shelley).

Por essas e outras que hoje decidi fazer uma lista com algumas das melhores personagens femininas em filmes de terror/suspense/horror:

A Garota (Garota Sombria Caminha Pela Noite, A Girl Walks Home Alone At Night, 2014)

A Girl Wals... (Mordida).gif

Antes de tudo, preciso mencionar que nós discutimos bem esse filme (e outras personagens femininas incríveis) no lindo e cheiroso podcast Histórias de Vampiros, então clica aí e se divirta. Mas enfim, resumindo: o longa é sobre uma vampira justiceira (como eu gosto de chamar: a Batman iraniana), que anda pelas noites atacando homens misóginos e protegendo mulheres em perigo. A Garota (sim, nós não sabemos o nome dela) é interpretada belamente por Sheila Vand, que consegue passar muito sentimento com seus olhos expressivos. Essa inversão, onde a presa vira o predador, é maravilhosa. E a Garota não é apenas retratada como uma super-heroína, ela possui camadas que o filme explora muito bem, graças a diretora Ana Lily Amirpour.

Continuar lendo

Anúncios

Jesus Trash Movies – Esses entram na minha casa…entram na minha vida (argh!hahaha)

 

Na minha eterna procura por cinema underground,achei um blog muito legal com o (interessante e poético) nome de Escrito em Luz com postagens de filmes fóra do circuito comercial que vale muito a pena visitar e explorar com carinho.

Me deparei com esses filmes sobre Jesus:Jesus-Vampire Hunter(Canadá,2001-Dir. Lee Gordon Demarbre)eUltrachrist-USA,2003-Dir. Kerry Douglas Dye) bem engraçados(pra quem não é fundamentalista-fanático-religioso)que pros bem humorados vão valer boas risadas!

Visitem lá comentem, e agradeçam ao Lord Vader,que pelo visto é tão garimpeiro quanto eu.
Abrax!