Batendo Papo na Masmorra #51 – Black Mirror – Parte 3 (final)

black-mirror-5-e-6

Voltamos para o último segmento da nossa trilogia sobre a 3ª temporada de Black Mirror!

Angélica Hellish e Marcos Noriega convidaram o amigo Fábio Fernandes do podcast Três Páginas e do Canal Terra Incógnita (não deixem de acessar!) para falar dos 2 últimos episódios deste ano: Men Against FireHated in the Nation.

O que estes episódios podem nos trazer de reflexão dentro da sociedade em que vivemos?

Mencionado: Masmorra Classic #4 Jhonny vai à Guerra de Dalton Trumbo

Canal Terra Incógnita

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE – SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts
COPIE E COLE ESSE ENDEREÇO OU O FEED QUE ESTÁ NO SIDEBAR PARA VISUALIZAR TODOS OS NOSSOS PODCASTS.

Masmorra no Twitter e no Facebook 
COLABORE COM O MASMORRA NO PADRIM

Youtube:

Anúncios

8 pensamentos sobre “Batendo Papo na Masmorra #51 – Black Mirror – Parte 3 (final)

  1. Olás

    Uma coisa que me chamou a atenção imediatamente em “Engenharia Reversa” foi terem dado o nome de Baratas ao inimigo. Bem, os imigrantes latinos eram chamado de “cucharachas” pelos estadunidenses. Não sei se ainda são chamados assim, mas era extremamente pejorativo.
    E, bem, os imigrantes latinos são um dos “inimigos” do atual presidente dos EUA.

    abraços

    Curtir

    • Uma coisa interessante sobre as baratas também acontece no filme Tropas Estelares em que a Terra está em guerra contra outro planeta habitado e governado por insetos gigantes. Com todo o clima de guerra, o filme é permeado por típicas propagandas de guerra, onde inclusive são mostradas crianças aqui na Terra matando baratas, para ilustrar que todos estão fazendo sua parte. É um filme divertido, mas faz pensar nessa mensagem de desumanização do inimigo como meio instrumento de manobra.

      Curtir

  2. Muito bom mais esse podcast. Quanto ao último episódio, eu particularmente gostei muito. O interessante de Black Mirror é que a série sempre traz elementos sobre os quais pensar para os dias atuais, e este último trata tanto da questão ecológica de uma possível extinção das abelhas, como a disseminação de ódio pelas redes sociais, e também nanotecnologia, drones e espionagem cibernética. Talvez pela grande quantidade de temas abordados, o público não tenha conseguido se focar em nenhum e por isso a catarse de outros episódios não se manifestou nesse.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s