Masmorra Cast #52 – Halloween na Bolsa do Canguru!

BANNE 52 625x435

Hey Mates!

Esse ano nosso Especial de Halloween explora a Austrália e traz algumas recomendações de excelentes filmes de terror/suspense da terra do Crocodilo Dundee!

Muriel  e Sidney Ngaloo convidaram Mad Patrick Max do Podtrash e Bruce Dundee do Aquela Velha Onda para conversar sobre a questão do extermínio e apagamento do povo aborígene, o documentário Not Quite Hollywood: The Wild, Untold Story of Ozploitation!, e como sempre sugerir algumas obras que vão muito além do terror!

Vem pra Yabba, vem!

Mencionados:

Sobre os aborígenes: Walkabout – 1971 Nicolas Roeg / Geração Roubada – 2002 Phillip Noyce / Onde Sonham As Formigas Verdes – 1984 Werner Herzog

Documentário: Not Quite of Hollywood – 2008 Mark Hartley

Recomendações:

Douglas Fricke: Patrick – 1978 Richard Franklin / Thirst – 1979 Roy Hardy / Link O Animal Assassino – 1986 Richard Franklin / Feed Fome Assassina – 2005 Brett Leonard

Vinicius Brandão: Harlequin – 1980 Simon Wincer /  Next of Kin – 1982 Tony Williams

Marcos Noriega: The Cars That Ate Paris – 1974 Peter Weir / Picnic at The Hanging Rock – 1975 Peter Weir

Angélica Hellish: Long Weekend – 1978 Colin Eggleston / Wake in Fright – 1971 Ted Kotcheff / The Babadook – 2014 Jennifer Kent

 

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE – SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

Masmorra no Twitter e no Facebook 

Anúncios

Batendo Papo na Masmorra #38 no #DiadoPodcast

BPMgrande38

De volta com o Batendo Papo na Masmorra e nessa data tão importante: O Dia do Podcast!

Sim!  Dia do Podcast.

Quer saber como essa história começou?  Leia a postagem até o fim 😉

 

Nesse BPM, Angélica Hellish e Marcos Noriega convidaram os amigos Ivan PD , Douglas Exumador Fricke, Demétrius e Pino do Podtrash!

Tem documentário, série clássica muito famosa, filme de diretor mega bizarro e cultuado, série e desenho adulto de humor negro e a sua host cuspindo ódio pelas ventas, desabafando depois de uma péssima experiência cinematográfica.

A lista dos filmes citados ficará abaixo, não deixe de compartilhar o podcast nas redes sociais e comentar conosco suas impressões.

E você?  O que  tem assistido ultimamente?

 

Edição de Diego Pinto e Angélica

Banner de Barão do Red Baron Blues Blog

Participação especial de Mariana

Produções citadas: 

The Invisible War (2012) – Guerra Sem Cortes (2007) Miss Representation (2011) – A Filha do General (1999)

City of Lost Souls (2000)Audition (1999) –  Todd and the book of pure evil (2010)Bob’s Burgers (2011)

Only God Forgives (2013)Bronson (2008) – Valhalla Rising (2009)

 

diadopodcast

 

 

No dia 30 de Setembro é comemorado o #PodcastDay nos Estados Unidos.

Essa ação foi criada pelo podcaster americano Steve Lee (Netcast Studio) e visa propagar a mídia para o mundo inteiro, atingir o máximo de pessoas possível. Em apenas um ano de existência, o PodcastDay conseguiu um alcance muito maior do que eles mesmo esperavam e já planejam criar o International #PodcastDay para 2015.

Site oficial do evento: nationalpodcastday.com

Influenciados pelo sucesso do #PodcastDay e sob a iniciativa do Octávio Augusto,..

Criou-se o #DiadoPodcast. O #DiadoPodcast será comemorado a cada dia 21 de Outubro, data da publicação do primeiro podcast brasileiro, o Digital Minds, criado por Danilo Medeiros.

Este primeiro episódio ainda pode ser ouvido aqui: http://www.digitalminds.com.br/podcasts/digitalmindspodcast1.mp3.

O Dia do Podcast é uma iniciativa nacional para promover o podcast brasileiro e para divulgar a mídia por meio das redes sociais.

O objetivo é fazer com que mais pessoas passem a conhecer a mídia. Se você já sabe o que é e ouve podcast, apresente para um amigo seu. =)

No dia 21 de Outubro use #DiadoPodcast tanto no Twitter como no Facebook!

Acesse diadopodcast.com.br para mais informações. Acesse Mundo Podcast para saber dicas de  como criar o seu!

Acesse no Facebook:  Cine Masmorra e a página do Guia Cast para conhecer recomendações de vários podcasts.

 

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

Masmorra no Twitter e no Facebook 

Masmorracast # 23 – Documentário. A câmera crítica.

Neste podcast,Angélica Hellish,Marcos Noriega,Polly Ana e João Paulo comentaram três ótimos documentários cada um,e ressaltaram a importância de assistir esse gênero cinematográfico que traz novas perspectivas sobre problemas que a Televisão não mostra.
E aí…Qual é o seu preferido?Comenta!
contato.cinemasmorra@gmail.com

Olhar Estrangeiro
Direção:Lúcia Murat – Ano: 2006
Buena Vista Social Club
Direção:Win Wenders – Ano: 1999
The Celluloyd Closet
Direção:Rob Epstein,Jeffrey Friedman – Ano: 1995


Estamira
Direção:Marcos Prado – Ano: 2006
À Margem do Corpo
Direção:Débora Diniz – Ano: 1998
Aborto dos Outros
Direção:Carla Gallo – Ano: 2007

Bem Vindo à São Paulo
Direção: Leon Cakoff, Wolfgang Becker, Renata de Almeida, Kiju Yoshida, Mika Kaurismäki, Phillip Noyce, Caetano Veloso, Jim McBride, Hanna Elias, Maria de Medeiros, Ming-liang Tsai, Ash, Mercedes Moncada, Andrea Vecchiato, Amos Gitai, Daniela Thomas
Brasil-Brasil
Direção:Robin Denselow Ano:2007
Home – O mundo é nossa casa
Direção: Yann Arthus-Bertrand – Ano: 2009

Ilha das Flores
Direção: Jorge Furtado Ano: 1989
Muito além do Cidadão Kane
Direção: Simon Hartog – Ano: 1993
Religulous
Direção: Larry Charles – Ano: 2008

Citados no podcast:
Reel Bad Arabs – Como Hollywood Vilificou um povo
Maria Bethânia – Música é Perfume

“O vídeo documentário como instrumento de mobilização social “
Por Vanessa Zandonade e Maria Cristina de Jesus Fagundes

O documentário surgiu da característica original do cinema de registrar os acontecimentos cotidianos das pessoas e animais. As primeiras evidências históricas, enquanto gênero cinematográfico, surgiram com o norte americano Robert Flaherty, o qual acompanhou a vida dos esquimós do norte do Canadá de 1912 a 1919 e lançou o filme Nanouk, o esquimó, em 1922.
Diante da realidade brasileira, em que há um elevado grau de analfabetismo e baixo poder aquisitivo da maioria da população, o acesso à cultura e ao conhecimento, de um modo geral, torna-se `privilégio’ de poucos. A percepção dos acontecimentos da sociedade como um todo, provém, principalmente, dos meios de comunicação de massa.
A apatia da maioria da população frente aos acontecimentos diários transmitidos via mídia televisiva, deve-se à falta de compreensão das realidades veiculadas. Sem clareza das idéias, apáticos com relação aos problemas e sem a compreensão dos fatos, os membros das comunidades não conseguem se organizar em busca de melhorias. Dessa forma, desencadeia-se um processo de estagnação social, no qual os fatos são absorvidos sem nenhum questionamento. O jornalista Michael Kucinski, ressalta no livro Conceitos de jornalismo, os problemas acarretados pelos noticiários. Segundo ele: “Schulz critica as reportagens qualificando-as de superficiais e desprovidas da preocupação de assinalar as tendências fundamentais e os contextos mais amplos.”
O documentário deve promover a integração entre os membros da comunidade retratada e desenvolver a cooperação entre eles, de forma a enriquecer os conhecimentos individuais e coletivos. Possibilita ainda ao jornalista especializado no gênero, a oportunidade de dedicar-se aos fatos do cotidiano, os quais envolvem todos os tipos de pessoas, independente da raça, cor, religião, ou posição social que exercem e não considerar os “furos” de reportagem como prioridade de produção.

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE AQUI E SELECIONE SALVAR LINK COMO
NOVO FEEDhttp://www.podcastgarden.com/podcast/podcast-rss.php?id=7567 Assine  e conheça todos os nossos podcasts

Masmorra no Twitter e no Facebook